Documento sem título

 

ÁREA DO CLIENTE:
Login:
Senha:
 
 
   
 

 
19.11.13 - GRANDES CURIOSIDADES QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER SOBRE AS FORMIGAS!

Elas estão por toda parte, e possuem importante papel no equilíbrio do ecossistema.
Quem já não deixou um pedaço de bolo sobre a mesa e quando voltou encontrou centenas de formigas “fazendo à festa”? Confira abaixo algumas curiosidades que você sempre quis saber sobre estes adoráveis insetos:
As formigas odeiam o frio: as formigas são um dos insetos mais populares do mundo e são encontrados em várias partes, menos em regiões polares.
Espécies numerosas: existem cerca de 18 mil espécies diferentes de formigas espalhadas pelo mundo. No Brasil, existem 2 mil espécies desses insetos.
Comunicação: elas se comunicam através de substâncias químicas chamadas feromônios que são percebidas conforme elas andam e vão deixando um rastro dessas substâncias que são percebidas pelas antenas. É por isso que quando elas conseguem andar organizadamente em fila, e quando se encontram, elas tocam suas antenas, como um meio de comunicação.
Força: as formigas são insetos extremamente fortes. Elas conseguem carregar um objeto com peso cem vezes maior que o seu próprio peso.
Imbatíveis: Uma formiga pode cair de qualquer altura sem se machucar, e isso só é possível graças ao seu tamanho e à estrutura do seu corpo minúsculo.
A rainha não tem um rei? Não. A reprodução fica a cargo da rainha, que é maior que todas as formigas. Os machos que acasalam com a rainha morrem logo após o ato.
Existem formigas escravas? Sim. As formigas podem roubar as larvas de outros formigueiros obrigando os filhotes “estrangeiros” a fazerem trabalhos forçados.
Reservatório de alimento: as formigas-pote-de-mel abrigam alimento em seu abdômen, levando para a colônia para servir de refeição para as demais formigas do grupo.
As formigas são venenosas? A picada de uma formiga pode ser dolorida, mas não é fatal, certo? Talvez. Existem formigas que possuem venenos extremamente letais.
Um exemplo disso é a espécie Myrmeciapilosula, encontrada na Austrália e na Tasmânia, o seu veneno é um dos mais potentes do mundo dos insetos, provocando inchaço, irritação e febre. Pode provocar choque anafilático em pessoas alérgicas. Na Tasmânia essas formigas matam vespas, aranhas, cobras e até mesmo tubarões.
Pogonomyrmexmaricopa: as formigas dessa espécie são comuns no estado do Arizona (EUA), e sua picada é equivalente a doze picadas de abelha. A formiga morde e segura a pele com suas mandíbulas e assim aplica o ferrão na região.
Esse processo faz com que a formiga consiga injetar o seu veneno várias vezes no mesmo local. Em pessoas alérgicas o veneno pode ser letal.
A Paraponeraclavata (formiga cabo-verde) tem a sua picada como a mais dolorosa de todos os insetos, e ocupa a topo da escala de dor chamada Schmidt (Schmidt Sting Pain Index), sendo comprovado, que a vítima de uma picada da formiga cabo-verde passa por 24 horas seguidas de dor intensa. Elas existem nas florestas tropicais da Nicarágua e Paraguai. Em algumas tribos selvagens, como ritual de iniciação, os jovens que atingem a maioridade precisam suportar 20 picadas dessa formiga sem gritar de dor.
Formigas como alimento: a conhecida tanajura é normalmente consumida no interior de São Paulo. São servidas torradas e com farinha de mandioca.
Alimentação: depende muito da espécie. Existem aquelas que são apenas carnívoras ou herbívoras. No entanto, a maioria das formigas é onívora se alimentando de restos de animais, vegetais e restos de alimentos humanos.
Bônus: Um tamanduá consegue se alimentar de aproximadamente 458 a 938 formigas por dia.
Fonte: www.jornalciencia.com › Meio Ambiente › Diversos - 06/05/2013
 
Voltar
Documento sem título







EQUILÍBRIO SAÚDE AMBIENTAL

Todos os direitos reservados
Copyright 2012 ©